ANFFASINDICAL contra privatização do SIF
ANFFASINDICAL contra privatização do SIF

A Diretoria Executiva do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários – ANFFASINDICAL tornou público por nota emitida em seu site oficial as posições da entidade quanto a declarações atribuídas a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Sen. Kátia Abreu (PMDB-TO), referentes a temas de interesse do Ministério, do Sindicato e da sociedade.

A nota aborda temas como a terceirização dos laboratórios oficiais do Ministério da Agricultura (rede LANAGRO) e a privatização da Inspeção Federal. (ACESSE A NOTA AQUI)

O AnffaSindical assim se posiciona: “Temas como a terceirização dos laboratórios e a privatização da Inspeção Federal, especialmente dos Matadouros Frigoríficos sequer foram discutidos com o ANFFASINDICAL.

Segurança alimentarMenos ainda, possuem posição favorável de nossa parte, já que, jamais foram levados à nossa base para discussão e deliberação. Há que se considerar também que nossa legislação não tem a rigidez requerida para os casos em que haja lesão aos consumidores, conforme tem registrado a mídia nacional nos últimos anos.”

Um grande lobby estava em andamento por parte das indústrias fiscalizadas e inspecionadas pelo Ministério da Agricultura, aproveitando da proximidade que a atual ministra detém junto a Presidência da República, para tentar enfraquecer as atividades de fiscalização e inspeção desenvolvidas pelo órgão.

Tratava-se de uma ação bem orquestrada com posicionamento inclusive do Conselho Federal de medicina Veterinária – CFMV onde, o órgão fiscalizador do exercício profissional da medicina veterinária e zootecnia, se mostrava favorável a “privatização” da Inspeção Federal retirando a competência definida em Lei para os médicos veterinários e permitindo que a mesma fosse executada através de programas de autocontroles das próprias empresas, sem mais a necessidade de médicos veterinários a zelar pela saúde pública.

Devido ao grande desenvolvimento do parque agroindustrial nacional as ações devem ser sempre revistas e aperfeiçoadas. Mas tudo indica que o passo atrás proposto pela Ministra da Agricultura parece encontrar no órgão sindical dos Fiscais Federais Agropecuários um obstáculo a suas pretensões e dos empresários envolvidos.

SAÚDE E INSPEÇÃO ANIMAL

 

topo