“ENTULHO”
“ENTULHO”

Após serem chamados de entulho pelo Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Gustavo Diniz Junqueira, em reunião do Conselho Superior do Agronegócio da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (vídeo reproduzido em redes sociais), os servidores da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) do Estado de São Paulo, em nota, criticaram o Secretário.

Ao alegar que o Estado tem de participar o menos possível da vida do setor agro, diz Junqueira em um trecho do vídeo: "...Temos outros entulhos, como a própria Defesa Agropecuária, ...”.

No texto, servidores informam que não são contra o agronegócio, pois fazem parte dessa cadeia e que a defesa agropecuária existe para viabilizar e trazer segurança sanitária e fitossanitária para produção, comércio e consumo de produtos agropecuários. Eles citam também que o Estado de São Paulo é o maior exportador de carne, suco de laranja e açúcar.

Por fim, os servidores informam que querem trabalhar em prol de uma gestão eficiente, moderna e antenada com a realidade que vive o País, e que gostariam de ser tratados com respeito que qualquer cidadão merece, principalmente em seu ambiente de trabalho.

Eis a íntegra da nota:

Excelentíssimo Senhor Secretário, Gustavo Diniz Junqueira,

Nesta manhã do dia 07 de outubro de 2019 nós, servidores da Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, fomos surpreendidos com o teor de um vídeo publicado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento em uma mídia social, no qual o senhor, enfaticamente, se refere a nossa Defesa Agropecuária de São Paulo, por mais de uma vez, como ‘entulho’ institucional.

Logo o senhor, o nosso secretário, representante do Governador do Estado de São Paulo para o setor Agropecuário, tem para com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária tamanho desrespeito para com vossos comandados. Sem contar, com base no tratamento a nós dispensado pelo senhor, o claro desconhecimento de nosso trabalho e ações em prol o desenvolvimento sócio econômico de nosso estado.

Não somos contra o agronegócio, nós FAZEMOS PARTE dele. A Defesa Agropecuária em sua essência, existe para prover a assegurar sanitária e fitossanitariamente a produção, o comércio e o consumo dos produtos agropecuários, valorizando o bom agropecuarista e garantindo alimento saudável à população e dividendos ao todos os envolvidos.

Através destas ações e por mais de 20 anos em que esta Coordenadoria de Defesa Agropecuária vem atuando, desempenhando papel precípuo e direto em 18% do PIB do país, valor do agronegócio Paulista no Brasil.

Somos o maior exportador de carne, suco de laranja e açúcar, sem contar outros destaques, apenas possível graças ao trabalho dos quase 4000 servidores, dentre técnicos, agrônomos e médicos veterinários.

A Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo vem trabalhando com o AGRO há mais de 120 anos, se reinventando, sempre pronto a atender os anseios da população e do AGRONEGÓCIO paulista. Por isso, ao nos chamar de ‘entulho’, o senhor chama ao próprio AGRO paulista de ‘entulho’.

Não somos contra modernização, e vimos nos modernizando bem antes de vossa chegada. Os funcionários desta instituição não representam uma despesa, um custo, mas sim um ativo, com profissionais do mais alto gabarito, os melhores que um órgão de Defesa pode ter. Profissionais com formação nas melhores universidades do país, com especializações, mestrado e doutorado, sempre dispostos a encontrar a melhor solução para São Paulo, dentro das normas signatárias internacionais a que o estado e o país fazem parte. Não obstante a defasagem salarial e baixo contingente, estamos agora cientes de que teremos de lidar com o preconceito e o descaso. Nos esmorece e entristece, sim, sem dúvida que sim, mas não há de nos matar. Quem trabalha, quem trabalha forte, firme e sério não pode ser tratado como "entulho", exigimos respeito. Exigimos respeito, e não será diferente para quem ocupa a chefia de tão estimada pasta, e que vem gozando de todo e irrestrito apoio de seus servidores.

Para finalizar, nós SERVIDORES PÚBLICOS gostaríamos de informá-lo que não estamos contra a modernidade, senhor, governador ou os produtores, queremos sim trabalhar em prol de uma gestão eficiente, moderna e antenada com a realidade que vive o país.

Certos do seu entendimento, conte conosco para transformar o Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo na melhor Defesa Agropecuária para o AGRO Paulista.

Servidores da Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo”

 

Tentando remediar a situação, e sem mencionar a fala do secretário, a Secretaria da Agricultura emitiu nota onde informa que "está atuando para melhorar e modernizar seus órgãos, as normativas e, enfim, a prestação de serviços à população paulista. A defesa agropecuária é elemento vital para a segurança de toda a produção, razão pela qual temos dado a devida atenção e importância", conclui.

SAÚDE E INSPEÃO ANIMAL

 

 

 

topo